Mercado imobiliário 2021 | Selic se mantém a 2% a.a.

O Comitê de Política Monetária (Copom), em sua primeira reunião de 2021, decidiu no último dia 20 de janeiro manter a Selic em 2% ao ano, que está nesse patamar desde agosto de 2020, considerado o nível mais baixo da história.

Porém o que isso afeta no setor imobiliário?

Com essa redução da taxa básica de juros, a rentabilidade em aplicações de renda fixa passa a não ser tão vantajosa, uma vez que quanto menor a Selic, menor o rendimento na poupança, por exemplo.

Com isso, imóveis voltam a ser uma ótima alternativa de investimento para quem deseja conservar o patrimônio, mas que não está disposto a arriscar na Bolsa ou em fundos de renda variável.

Além disso, os juros baixos incentivam aqueles que querem financiar a moradia, o que também favorece a retomada do mercado imobiliário.